NG Elétrica

Alerta para os riscos com energia elétrica durante o período chuvoso

ID-100133362Água e energia elétrica não combinam, ou melhor, chuvas e trovoadas não combinam com energia elétrica. Nos períodos chuvosos, à atenção deve ser redobrada.

Durante este período, para evitar choques elétricos ou danificação dos equipamentos, a solução é fazer as instalações elétricas com materiais adequados e com profissionais devidamente treinados para isto.

É difícil encontrar alguém quem nunca tenha tomado um choque elétrico e eles irão continuar acontecendo, pois a quantidade de eletroeletrônicos não para de aumentar nas empresas, residências e até nos carros e outros meios de transportes.

Tudo o que usamos hoje, necessita de energia elétrica para funcionar, por este motivo os acidentes com energia elétrica são tão comuns, e por fazerem parte do nosso dia a dia, merecem atenção redobrada.

Segundo dados mais recentes da Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade, no ano passado, das 109 mortes envolvendo os fios da rua, 72 delas envolveram diversos profissionais, sendo: eletricistas, pedreiros, pintores, instaladores de painéis e fachadas, instaladores de TV a cabo e telefonia. Observe que estamos falando de diferentes profissionais que, obrigatoriamente deveriam conhecer minimamente os riscos com eletricidade.

Com estes dados podemos verificar a displicência das pessoas com a eletricidade e, por isso, ela é uma das maiores causas de acidentes. O fato é que apesar desses profissionais ficarem expostos ao risco, deveriam conhecer os procedimentos de segurança para o trabalho e os equipamentos de proteção individual e coletiva.

A própria Norma Regulamentadora n. 10, estabelece os requisitos e condições mínimas de medidas e controles preventivos – (Serviços em eletricidade): “todo profissional que estiver trabalhando próximo à energia elétrica deve conhecer os riscos a que está exposto”.

O assunto em questão vale ressaltar que os perigos também estão relacionados as causas de acidentes domésticos. Entre eles: choques em eletrodomésticos, chuveiros, troca de lâmpadas e tomadas, empinando pipa, entre outros.

Apesar de acharmos que a informação e o conhecimento deveriam fazer parte integrante do trabalho dos profissionais, podemos ver nos casos citados, que não é bem assim que acontece, portanto, temos que fazer com que a informação e o conhecimento cheguem ao maior número possível de pessoas, sejam elas profissionais, dona de casa, crianças, enfim, todos aqueles que estão propensos há acidentes envolvendo eletricidade.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *