top of page
  • Foto do escritorAndré Habib

As extensões elétricas e a segurança


Ainda que as tecnologias em geral avancem muito rápido, se existe uma coisa que ainda incomoda muita gente é a enorme de quantidade de fios elétricos que nos cercam diariamente. Para onde quer que você olhe nesse momento, não vai demorar muito até achar algum tipo de fio elétrico. Seja nos postes da rede de elétrica mais próxima, no computador em sua mesa de trabalho, o fio do carregador do seu celular, etc., eles estão por todo lado. Isso acontece porque a quantidade de equipamentos que dependem diretamente da eletricidade para funcionar é enorme. Essa quantidade, somada a necessidade de que todos precisam geralmente estar ligados ao mesmo tempo, gera uma enorme demanda por tomadas é justamente aí que entram as extensões elétricas, muitas vezes tão “odiadas”, mas, sem dúvida, muito necessárias. Talvez você já tenha ouvido falar que existem estudos e projetos em andamento no sentido da eliminação ou, ao menos, diminuição dos fios, mas, enquanto isso não se torna realidade e precisamos continuar usando-os, vale a pena conferir a seguir algumas dicas que podem ajudar a reduzir os riscos no uso das extensões, uma vez que apenas no ano de 2015, a ABRACOPEL (Associação Brasileira de Conscientização para os Perigos da Eletricidade) informou terem ocorrido 39 acidentes (36 deles, fatais) por causa do mau uso de extensões e bejamins.

Use produtos certificados

Procure usar produtos com a certificação do INMETRO (Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia). Uma vez certificados, a tendência de que os componentes das extensões (cabos, plugues e tomadas) seja de qualidade, é bem maior.

Use um DR (Dispositivo Residual)

O ideal é que as extensões sejam ligadas sempre em tomadas protegidas por um DR, um dispositivo que, ao detectar uma fuga de corrente na instalação, desliga o circuito automaticamente, evitando assim choques diretos e indiretos.

Compatibilidade entre plugue e extensão

Se for usar plugues de 3 pinos, use extensões compatíveis, ou seja, específicas para esse tipo de plugue. Isso fará com que a extensão não diminua a segurança conferida pelo fabricante ao equipamento.

Capacidade da extensão

Assim como no item acima, a capacidade de corrente do cabo deve ser compatível com a corrente da carga, assim como o plugue da extensão com a tomada na qual será conectado.

Verificações periódicas

Inspecione periodicamente a integridade da isolação, assim como dos plugues e tomadas.

10 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page