top of page
  • Foto do escritorAndré Habib

Como fazer a substituição do fusível queimado


Os fusíveis precisam ser substituídos com muita cautela, pois poderá ocorrer a incidência de choque devido a um contato acidental em sua base. Geralmente, eles são usados em rede elétrica residencial, onde pode não existir balanceamento da rede elétrica antiga. Ao trocar o fusível queimado é preciso usar uma lanterna para ter a iluminação adequada do local onde estão as chaves gerais de fusíveis, no caso de a troca acontecer à noite, e efetuar assim a substituição do fusível que está queimado. Mas muita atenção antes de trocar os fusíveis queimados, pois é aconselhável fazer a identificação do real motivo pelo qual provocou sua queima. Normalmente, isso ocorre devido a um pequeno curto-circuito. No caso de você fazer a substituição do fusível queimado sem fazer a remoção da causa de sua queima, poderá haver uma nova queima do novo fusível colocado, assim que ele for posto em sua base. Por isso é fundamental que haja medidas preventivas para que não aconteça queima de fusível, como por exemplo:

  1. As caixas de derivação abertas e também expostas à água, como locais úmidos perto de torneiras ou chuva;

  2. Uma verificação periódica da fiação, como fios descascados onde está aparecendo o cobre nitidamente onde poderá ocorrer a qualquer momento um curto-circuito, isolação mal feita, entre outros;

  3. A fiação exposta e ao chão, onde as extensões e também as tão comuns “gambiarras”.

O importante é que se faça sempre a troca do fusível que está queimado por outro modelo da mesma capacidade. Isso é fundamental, portanto, nem mais e nem menos que sua capacidade. E não se esqueça de saber qual foi o real motivo da queima do fusível antes de fazer a substituição. Na dúvida, procure sempre um profissional da área para evitar qualquer tipo de acidente ou então a queima de outro fusível. Fonte: Imagem

722 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page