• André Habib

Conheça um pouco cada modelo de disjuntor


Disjuntor termomagnético unipolar, bipolar e tripolar – modelo DIM

Disjuntor DR Proporciona proteção contra as correntes de fuga à terra nas instalações elétricas de baixa tensão. Os módulos DR, dispositivos DR ou disjuntor DR de corrente nominal residencial até a 30 mA, que são destinados principalmente para a proteção de pessoas, enquanto isso correntes nominais residuais de 1000 mA, 500 mA, 300 mA, 100 mA ou outros superiores, são destinados para a proteção patrimonial contra efeitos que são causados por correntes de fuga a terra, como muito consumo de energia elétrica ou até incêndios. – Disjuntor termomagnético Atua disparando por meio do efeito térmico em sobrecarga. Dispara também pelo efeito eletromagnético da corrente de curto-circuito. – Disjuntor a sopro magnético Os contatos se abrem no ar, empurrando o arco voltaico para dentro de suas câmaras de extinção para que ocorra a interrupção, pois há um aumento na resistência do arco e em sua tensão. – Disjuntor a óleo O óleo mineral tem destacada características de isolante e extintor, usado desde o princípio da fabricação de disjuntor. – Disjuntor a vácuo Oferece muita segurança na operação por não precisar de suprimento de líquidos ou gases e não emitir chamas ou gases. Quase não precisa de manutenção, pois possui uma vida útil muito longa. Sua relação capacidade de ruptura/volume é grande, o que torna o disjuntor desse tipo mais apropriado para usar em cubículos. Fonte: Imagem

0 visualização