top of page
  • Foto do escritorAndré Habib

Economizando energia em condomínios


Se por um lado alguns estados do Brasil estão passando por um problema de escassez de água para o qual os governantes volta e meia acenam com a possibilidade de racionamento, por outro, essa falta de água tornou necessário a produção de energia através do acionamento de usinas termoelétricas, o que acabou por deixar a nossa conta de energia (bem) mais cara. Em uma situação como essa não nos resta outra alternativa a não ser mesmo economizar. Sabemos que é muito mais fácil economizar quando estamos lidando, por exemplo, com a nossa própria residência, onde basta combinarmos com os nossos familiares as ações nesse sentido. Porém, quando pensamos nos condomínios, a situação muda um pouco por causa do consumo de energia nas áreas comuns, elevadores, etc. Sabemos que nesse tipo de situação a participação de todos é importantíssima, (principalmente no sentido de apresentar e cobrar ideias sobre como economizar) e, por isso, preparamos abaixo uma lista de ações que podem tranquilamente ser aproveitadas em qualquer condomínio.

  1. Realizar a substituição das lâmpadas das áreas externas e garagens por lâmpadas de LED que possuem maior vida útil (cerca de 8 anos) e geram uma economia em torno de 50%;

  2. Procurar explorar ao máximo a luz natural na iluminação de ambientes como: hall social, salão de festas, academia, salão de jogos e etc.;

  3. Orientar os prestadores de serviços e condôminos a manterem as luzes desligadas dos ambientes que estejam desocupados (exceto nos ambientes de segurança);

  4. Instalar sensores de presença e acendimento automático de lâmpadas em áreas de circulação;

  5. Pintar as paredes das áreas comuns com cores claras para que seja criada maior luminosidade e com isso, provocar a instalação de lâmpadas de menor potência;

  6. Procurar manter as áreas comuns limpas, pois a sujeira torna o ambiente escuro e com menor possibilidade de reflexão da luz;

  7. Se o prédio tiver mais de um elevador, programe os mesmos para atenderem andares diferentes, isso evitará situações nas quais dois ou mais elevadores trabalham simultaneamente.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page