top of page
  • Foto do escritorAndré Habib

Eletricidade – Riscos e prevenção na construção civil


Na construção civil, não importa o tamanho da obra, os riscos de acidentes fazem parte de praticamente todos os processos e com a eletricidade, claro, a coisa não é diferente. A obrigação mínima de quem trabalha nesse segmento é a do uso de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual). No caso das instalações elétricas, quando em uma obra não há a presença de um profissional técnico especializado, a tendência de que “gambiarras” (procedimentos realizados de maneiras incorretas) sejam feitas é grande e gambiarras são, geralmente, sinônimo de perigo. Além de evitar que instalações sejam feitas de forma incorreta, um profissional técnico pode e deve cuidar também para que materiais de qualidade (preferencialmente certificados pelo Inmetro) sejam utilizados. Além do uso de EPIs (capacetes, óculos de proteção, botinas, máscaras, luvas, etc.) e de materiais de qualidade, a seguir listaremos mais alguns cuidados a serem observados quando você pensar em prevenção relacionada aos riscos da eletricidade.

  1. Equipamentos elétricos seguros – como geradores com tanque de combustível isolado e lâmpada indicadora de funcionamento;

  2. Organização – em muitas obras é comum encontrarmos, por exemplo, ferramentas espelhadas pelo chão e até mesmo fiações elétricas em alturas que facilitam o contato inadequado e consequente acidente;

  3. Profissionais qualificados – embora atualmente as reclamações relacionadas a mão de obra estejam presentes em todos os setores, através de um criterioso processo de seleção ainda é possível encontrarmos profissionais preparados e experientes nessa atividade;

  4. Sinalização – item fundamental no sentido de alertar quem quer que esteja trabalhando na obra sobre qualquer tipo de manutenção, nova instalação, etc. que estejam sendo realizadas.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page