top of page
  • Foto do escritorAndré Habib

Empresas socialmente responsáveis


Houve um tempo em que, como estratégia geral, empresas que buscavam crescer e ampliar os seus negócios, produziam mais, investiam em propaganda para atrair clientes e/ou investidores e isso bastava. Porém, esse cenário está mudando constantemente e apenas essas ações não são mais suficientes quando o assunto é sucesso ou reconhecimento. Atualmente os clientes esperam que as empresas além de fornecerem produtos e serviços, contribuam também com a comunidade. Por conta disso, algumas empresas estão mudando a sua postura, buscando agir de forma responsável. Providenciar uma troca das lâmpadas “antigas” por outras compostas de novas tecnologias, capazes de proporcionar consumo de energia e “agredir” menos o meio ambiente já pode ser um passo, mas é necessário buscar outras formas de contribuir para o bem do planeta que é, no fundo, o nosso próprio bem. Esse tipo de ação muitas vezes nem está previsto em lei, porém passou a ser quase que uma exigência do mercado para quem quer manter o seu espaço. Para os investidores, as empresas que adotam essa prática se tornam mais interessantes e são consideradas como Social Responsible Investment – SRI. Isso porque esse tipo de empresa tende a estar mais preparada não apenas para lidar com as situações financeiras, como também com as ambientais e sociais, o que garante um bom retorno aos investidores. No Brasil, essa prática está, por exemplo, chamando a atenção e a Bovespa, que criou o ISE – Índice de Sustentabilidade Empresarial, que visa reunir empresas que são socialmente responsáveis. Por fim, ser socialmente responsável é um conceito que vai além de dia a dia de processos (produção, venda, entrega) de qualquer empresa porque não diz respeito apenas as empresas em si, mas ao meio ambiente como um todo.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Kommentare


bottom of page