• André Habib

Guia de primeiros socorros na indústria


Choque elétrico

No caso de choque elétrico o socorro precisa ser imediato.

  1. Livre a vítima da corrente elétrica, mas, cuidado: desligue a chave geral e chame imediatamente ajuda médica.

  2. Tire o condutor de eletricidade, fios e cabos de perto da vítima. Caso não consiga desligar a chave geral, tente afastá-la por meio de objetos isolantes, como cano plástico, pedaços de madeira e sapatos com sola de borracha, assim você não receberá o choque também.

  3. Assim que conseguir afastar o condutor, é muito importante certificar-se se você não corre risco e só então inicie os procedimentos de ressuscitação artificial, ou seja, desobstrua as vias respiratórias da pessoa que foi vítima da descarga elétrica e faça a respiração boca a boca e, caso necessário, faça uma massagem cardíaca externa.

Mas como fazer uma respiração boca a boca?

  1. Você deve colocar a pessoa sob uma superfície plana e firme, então, incline a cabeça da vítima para trás, assim abrirá as vias respiratórias. Se ela usar dentaduras, estiver com alimentos na boca ou qualquer outro objeto, retire para que não corra o risco de sufocamento.

  2. Tenha certeza de que vítima não está respirando e aperte suas narinas para impedir que o ar saia. Tome fôlego e coloque a sua boca sobre a boca da vítima, soprando até aparecer elevação do peito.

  3. Assim que der dois sopros iniciais, veja pela carótida se a vítima tem pulsação. Caso não haja, faça mais dois sopros e, então, inicie uma massagem cardíaca externa. Em um adulto a massagem é de 15 compressões e dois sopros.

  4. No caso de a vítima voltar a respirar e o seu coração voltar a bater, pare a massagem e a respiração, cuidando até a chegada do socorro médico.

Aprenda a fazer a massagem

Primeiro você vai colocar a vítima em uma superfície plana e firme, assim, localizar com seu dedo indicador e médio a artéria carótida (fica no pescoço do lado pomo-de-adão) e sentir a pulsação. Caso haja parada cardíaca, você não vai sentir pulsação na artéria e as pupilas da vítima estarão grandes.

Localize o coração movendo o dedo indicador na direção da garganta até chegar ao esterno (osso que fica entre um peito e outro). Então, coloque a palma da mão sobre esse osso e a outra mão em cima. Seus dedos não podem tocar nas costelas.

Em seguida, comprima o esterno com pressão suficiente para baixá-lo, mais ou menos, 5 centímetros. A cada compressão, relaxe sua mão sem removê-la, permitindo a expansão do peito da vítima.

0 visualização