top of page
  • Foto do escritorAndré Habib

Iluminação econômica para indústrias


Quando falamos em iluminação industrial, praticamente em todas as situações precisaremos de um resultado que combine potência e segurança e, se possível, economia. Em tempos de eficiência energética e economia de energia, o paradigma de que ter iluminação eficiente é sinônimo de pagar caro, já é coisas do passado. Em projeto de iluminação industrial,  é necessário o conhecimento amplo do local no que diz respeito, por exemplo aos pontos fracos e fortes de iluminação natural, quais as atividades a serem realizadas, se há locais de passagem onde é necessária iluminação constante, etc. Com a definição desses itens, então podemos começar a pensar na altura em que as luminárias deverão ficar, analisar o uso de detectores de presença e temporizadores; além é claro de um correto posicionamento de interruptores de maneira a facilitar o acesso dos usuários. Outro ponto que deve ser observado é a legislação existente nesse sentido. Muitos podem não saber, mas a uma norma ABNT NBR 5413 define qual a quantidade de luz necessária para cada local conforme as atividades. A partir daí já dá também para termos uma ideia sobre o material necessário e então escolher as melhores lâmpadas dentre as existentes no mercado. As mais usadas são as de vapor/multivapores e as de LED, principalmente pela maior duração/rendimento energético e menor consumo de energia elétrica. A desvantagem inicial é que possuem um custo mais alto que outras opções como fluorescentes comuns, mas a longo prazo isso se justifica. Na verdade não há grandes mistérios quando falamos em projetos de iluminação, sejam eles industriais ou não. A ideia é sempre a mesma e sempre requer uma análise profunda de o que será feito em cada ponto, como colocar sensores de presença/temporizadores em locais de passagem, posicionar luminária específicas para áreas de trabalho/máquinas, estudar as alturas de instalação de luminárias e distribuir os circuitos de alimentação de maneira que seja fácil ligar ou desligar cada um parcialmente caso seja necessário. Assim, é possível ter uma excelente iluminação sem gastar rios de dinheiro com a conta de energia elétrica.

3 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page