• André Habib

Opções criativas e sustentáveis para a geração de energia elétrica


A crise energética no Brasil

Apesar do grande susto experimentado diante do apagão do último dia 04, especialistas apontam que o consumo acentuado dos dias quentes não foi o responsável pelo apagão que deixou às escuras diversas partes do país. Apesar disso, a situação é alarmante, pois quase 87% de nossa matriz energética é proveniente de usinas hidrelétricas, cujos níveis dos reservatórios se encontram abaixo do normal para esta época do ano. E, como o país não se planejou para encontrar soluções em energia renovável para enfrentar uma possível crise energética, cabe às indústrias e demais empresas investirem nessa área, a fim de garantir a manutenção de suas atividades.

Aproveitando as pisadas

Imagine quantas pessoas circulam todos os dias pelas estações de metrô ou mesmo as áreas comuns de grandes indústrias. E foi pensando no potencial das pisadas que uma empresa criou um tapete sustentável, que gera energia cinética capaz de ser convertida em energia elétrica. Outras soluções tão interessantes quanto essa foram expostas às indústrias durante a Rio+20, numa iniciativa da Siemens denominada Energy EfficiencyRoadshow, que visava apresentar alternativas em eficiência energética às indústrias. Com essas medidas, é possível promover ações internas de sustentabilidade e não se ver no escuro e no prejuízo, mantendo, não apenas lâmpadas acesas, mas toda a produção em pleno funcionamento num momento de falta de energia convencional.

0 visualização