top of page
  • Foto do escritorAndré Habib

Planejamento de iluminação industrial


Em qualquer que seja o ambiente, realizar um trabalho de iluminação não significa simplesmente a instalação de lâmpadas e pronto. Nas industrias então, os cuidados precisam ser ainda maiores, tendo em vista a variedade de locais e as tarefas que neles são executadas. Ou seja, cada local pode requerer uma iluminação específica e o trabalho para se determinar exatamente qual lâmpada deve ser usada em cada ambiente é chamado de estudo luminotécnico. Esse estudo é o responsável por determinar quais locais realmente necessitam de iluminação e quais os tipos corretos de lâmpadas para os respectivos. Como estamos falando em iluminação industrial, o estudo ainda envolve os tipos de materiais envolvidos, pois, dependendo do tipo de lâmpada, a presença de materiais inflamáveis deve ser evitada ou proibida, por exemplo. A seguir confira algumas dicas que devem ser colocadas em prática quando o assunto é iluminação:

Faça um estudo preliminar do ambiente

Esse estudo é importante para, além de se conhecer o ambiente, se conhecer principalmente os tipos de equipamentos e como estão instalados. A partir daí temos a resposta sobre o que deve ser iluminado (máquinas, pisos, material armazenado e prensado) e, ainda, se haverá alguma obstrução entre a iluminação e o local a ser iluminado. Devemos ressaltar ainda que a iluminação não pode deixar de levar em consideração a execução de tarefas nesses locais, ou seja, dar às pessoas a capacidade de enxergar com bastante clareza todo o ambiente onde estão trabalhando.

Que tipos de luminárias e lâmpadas usar na indústria?

As luminárias e as lâmpadas usadas na indústria podem variar muito, mas, geralmente, as mais usadas nesses ambientes são as luminária de teto com lâmpadas fluorescentes. Em alguns casos se usam lâmpadas de alta pressão nas laterais, para tornar a iluminação mais abrangente.

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page