top of page
  • Foto do escritorAndré Habib

Semelhanças entre a automação industrial e comercial


Não há como negar que automação e tecnologia são duas palavras praticamente inseparáveis. Na indústria, automação começou a dar os seus primeiros passos ainda nos anos 1970 e está presente praticamente em todos os segmentos. Quanto abrimos um pacote de biscoito, por exemplo, podemos olha-lo como o produto final de um processo praticamente todo automatizado, uma vez que desde a montagem da receita, passando pela preparação da massa e envio da mesma para ser assada na linha e produção e por fim embalada como uma quantidade x de biscoitos… acredite, tudo isso sofre apenas uma espécie de supervisão do homem que fica por perto “apenas” para atuar durante qualquer imprevisto. No comércio podemos destacar toda a evolução da tecnologia em geral, com os softwares integrados, capazes de controlar estoque, vendas, faturamento, etc., a utilização do código de barras e os tantos benefícios que ele traz, tais como: velocidade, confiabilidade, padronização, etc. Não podemos deixar de destacar que quando dizemos comércio, estamos falando de: lojas de departamento supermercados, hotéis, hospitais, entre outros. É claro que o alcance da automação não para por aí porque ela está chegando já a algum tempo também para as nossas residências. É claro que nos países desenvolvidos ela já é uma realidade (cara…) em muitas residências e o Brasil também começa a dar os seus primeiros passos. Em se tratando de industria e comércio, as semelhanças são encontradas nos seguintes aspectos.

  1. Os conceitos de projetos devem ser padronizados para que, desse jeito, em um mesmo prédio comercial, por exemplo, os recursos disponibilizados pela automação possam ser aproveitados por quem quer que venha a ocupar os prédios, tais como: consultórios médicos, advogados, empresas de tecnologia, consultores, etc;

  2. A infra-estrutura deve e é pensada desde o rascunho do projeto, faz parte dos orçamentos iniciais que são incorporados ao projeto;

  3. A operação é complexa, envolve bastante gente e, por isso, treinamento para aprimoramento constante dos participantes é fundamental;

  4. Uma vez sendo a operação complexa e com muita gente envolvida, supervisão (monitoramento de sistemas, relatórios, auditorias, etc.) é imprescindível.

1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page