top of page
  • Foto do escritorAndré Habib

Sistemas de distribuição de energia


É muito interessante como só nos damos conta da importância de algumas coisas (e pessoas principalmente…) em nossas vidas, quando as perdemos. A energia elétrica é uma dessas coisas. Além de iluminação, que podemos considerar como a sua função mais básica, ela é vital no nosso dia a dia, em várias situações como, por exemplo, o funcionamento de aparelhos eletrodomésticos e eletroeletrônicos diversos, tais como: geladeiras, TVs, máquinas de lavar roupa e de lavar louças, secadoras, micro ondas, etc. Nas residências e nas empresas, pensemos nos sistemas computacionais, sendo: servidores, desktops, notebooks, etc., e, principalmente, de alguns poucos anos até hoje, na telefonia celular em geral, afinal de contas de que adianta ter um smartphone de última geração com uma bateria descarregada? Memo sabendo de tudo isso, só nos damos conta da importância da energia quando ela acaba (ou quando recebemos a conta…) e, por isso, poucas pessoas se perguntam: de onde vem e como é o processo de distribuição da energia que consumo? Ok, vamos responder essa pergunta a seguir. Um sistema de distribuição de energia é aquele que se confunde com a própria cidade, é um sistema que, na maioria das cidades brasileiras, pode ser visto através de postes e fios ramificados entre ruas e avenidas para levar até as residências, o comércio e a indústria a energia vinda dos sistemas de transmissão. Para facilitar o nosso entendimento, vamos pensar no sistema de transmissão como aquelas torres gigantes por onde passam cabos enormes e que, geralmente, vemos quando estamos viajando principalmente por vias terrestres via carro ou ônibus. A cadeia de distribuição é formada pelos sistema de geração (hidrelétricas por exemplo), o sistema de transmissão explicado no parágrafo anterior e o sistema de distribuição que você pode olhar agora mesmo pela janela de sua casa ou escritório. Assim como o sistema de transmissão, o de distribuição é formado por fios, condutores, transformadores e equipamentos de medição, controle e proteção das redes elétricas. As linhas de distribuição que costumamos ver nas ruas e avenidas são chamadas de linhas de média tensão (entre 2,3 e 44kV) e são geralmente compostas por três fios condutores aéreos sustentados or cruzetas de madeira em postes de concreto. Supermercados, comércios e indústrias de médio porte adquirem energia diretamente das redes de média tensão, mas devem transforma-la internamente em tensões menores sob suas respectivas responsabilidades.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page