top of page
  • Foto do escritorAndré Habib

Sensores de proximidade


Em nossa rotina diária, nem nos damos conta, mas estamos “cercados” de sensores de proximidade. Por exemplo, na porta de entrada dos prédios comerciais, nos corredores dos ambientes dos prédios, na iluminação pública em algumas cidades, em banheiros de restaurantes e shoppings e, claro, em abientes industriais, etc.. O conceito do funcionamento dos sensores de proximidade ou presença é simples, ou seja, a detecção da presença de pessoas, objetos, etc., através do movimento ou temperatura. Nas indústrias, onde a automação está presente em várias situações, os sensores são fundamentais e, por isso, um bom tempo deve ser gasto na análise de dispositivos que ofereçam o máximo de exatidão. Os principais tipos de sensores de presença são: infravermelho, acústico, capacitivo e indutivo. Vamos conhecer um pouco de cada um.

Sensor infravermelho

Detecta objetos através da reflexão de raios infravermelhos. Nesses sensores, uma luz invisível é lançada ao ambiente e, no momento em que ocorre uma “invasão” do seu espaço de alcance, a mesma faz com ue um circuito elétrico seja acionado pelo sensor. Uma “desvantagem” em relação a esse tipo de sensor, está no fato de que outros tipos de luz podem interferir em seu funcionamento.

Sensor acústico

Nesse caso tempos um sensor que usa o som como base do seu funcionamento. Ao invés da luz (como no caso do infravermelho), ondas de som inaudíveis são lançadas ao ambiente.

Sensor capacitivo

Esse tipo de sensor usa a norma de capacitores para indicar a influência de objetos. Basicamente uma placa é unida a um oscilador de radiofrequência que identifica modificações no capacitor produzidas por objetos “estranhos”. Uma vantagem nesse tipo específico é a variedade de objetos que o mesmo é capaz de detectar, tais como: papel, madeira, plástico, vidro e até líquidos.

Sensor indutivo

Sensores indutivos utilizam campos magnéticos para detectar presenças. A base do seu funcionamento está na união entre uma bobina e um circuito elétrico. Uma vez que um objeto invade o campo magnético, a corrente da bobina é modificada e o circuito abre ou fecha de acordo com o que foi programado. Até o próximo

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page