Sensores de proximidade


Sensor infravermelho

Detecta objetos através da reflexão de raios infravermelhos. Nesses sensores, uma luz invisível é lançada ao ambiente e, no momento em que ocorre uma “invasão” do seu espaço de alcance, a mesma faz com ue um circuito elétrico seja acionado pelo sensor. Uma “desvantagem” em relação a esse tipo de sensor, está no fato de que outros tipos de luz podem interferir em seu funcionamento.

Sensor acústico

Nesse caso tempos um sensor que usa o som como base do seu funcionamento. Ao invés da luz (como no caso do infravermelho), ondas de som inaudíveis são lançadas ao ambiente.

Sensor capacitivo

Esse tipo de sensor usa a norma de capacitores para indicar a influência de objetos. Basicamente uma placa é unida a um oscilador de radiofrequência que identifica modificações no capacitor produzidas por objetos “estranhos”. Uma vantagem nesse tipo específico é a variedade de objetos que o mesmo é capaz de detectar, tais como: papel, madeira, plástico, vidro e até líquidos.

Sensor indutivo

Sensores indutivos utilizam campos magnéticos para detectar presenças. A base do seu funcionamento está na união entre uma bobina e um circuito elétrico. Uma vez que um objeto invade o campo magnético, a corrente da bobina é modificada e o circuito abre ou fecha de acordo com o que foi programado. Até o próximo

0 visualização