top of page
  • Foto do escritorAndré Habib

As principais ferramentas do eletricista (parte 2/2)


Na parte 1 do nosso artigo sobre as principais ferramentas do eletricista, você aprendeu sobre a utilidade das seguintes ferramentas: chave de fenda, chave philips, alicate de corte, alicate de ponta fina, descascador de fios, estilete e furadeira. Nessa segunda parte falaremos sobre: arco de serra, multímetro, lanterna, fita isolante, nível e ferro de solda. Arco de serra: entre as suas principais funções estão: serrar condutores (de fios) de metal ou outros elementos em metal presentes na instalação, desde que, claro, precisem de algum tipo de ajuste via corte; Multímetro: além de ser o aparelho mais indicado para avaliação de tensão da rede, pode ser usado também para testar quase todos os aparelhos que funcionam com eletricidade por ser capaz de medir diferentes grandezas elétricas, tais como: tensão, corrente, resistência, entre outras; Lanterna: também usada em diversas outras atividades, a lanterna é imprescindível em locais com pouca luminosidade ou em total escuridão; Fita isolante: não é necessariamente uma ferramenta, mas certamente o acessório dos mais conhecidos e mais usados pelos eletricistas. É fundamental para a proteção contra choques elétricos; Nível: mesmo sendo mais “popular” entre os pedreiros, serve para medir inclinações num determinado plano ou objeto trabalhado é bastante usada por eletricistas que realizam instalações; Ferro de solda: muito usado por eletricistas, é uma ferramenta que aplica calor sobre um material usado para unir duas partes metálicas, tais como: placas de circuito, fios condutores, etc. Com a apresentação dessas últimas seis ferramentas, esperamos te-lo ajudado a conhecer quais são as principais ferramentas usadas no trabalho dos eletricistas. Até o próximo!

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Commentaires


bottom of page