Tenha cuidado com as lâmpadas fluorescentes em locais úmidos


As lâmpadas fluorescentes

Conhecidas por muitas pessoas, como as ‘lâmpadas brancas’, as lâmpadas fluorescentes têm como grande diferencial o fato de economizarem até 75% de energia quando comparadas as lâmpadas redondinhas, ou seja, as incandescentes. Este tipo de lâmpada não exige cuidados, no entanto, foi-se percebido que as lâmpadas brancas sofrem quando o assunto é umidade. O que se descobriu é que a umidade afeta a durabilidade e estabilidade da lâmpada branca.

Como a umidade afeta a lâmpada fluorescente

Além dos riscos citados acima, existem ainda outros problemas que a umidade traz para a lâmpada fluorescente, como por exemplo:

  1. O perigo de choque elétrico;

  2. Corrosão e;

  3. Mau desempenho da lâmpada.

Os três itens citados acima são muito importantes para a longevidade da lâmpada fluorescente. Quanto ao perigo de choque elétrico é importante garantir que a lâmpada esteja com o aterramento em dia, principalmente se a lâmpada for ser utilizada nos ambientes molhados. O que os especialistas dizem é que a água pode condensar-se fora da lâmpada e assim apresentar o risco de choque. Quando falamos de corrosão, devemos lembrar que a base das lâmpadas é feita de metal e, como a umidade age corroendo o metal, existe essa pequena possibilidade. Recomenda-se que as lâmpadas fluorescentes não sejam utilizadas nas áreas molhadas. E por fim, o mau desempenho da lâmpada que acontece devido aos problemas. No entanto, se você fizer a instalação correta sua lâmpada terá uma boa durabilidade e fará a economia necessária.

7 visualizações