Tipos de capacitores (parte 1/2)


2. Capacitor eletrolítico

Se diferencia dos demais por ter o material dielétrico de espessura muito pequena. Uma vez que possui polaridade (um terminal positivo e outro negativo), pode entrar em processo de curto circuito caso seja polarizado incorretamente. Geralmente a indicação de polaridade está disponível nesse tipo de capacitor que é bastante encontrado em fontes de tensão, tornando-as mais estáveis e ainda filtrando possíveis  ruídos que venham da rede elétrica.

2. Capacitor de poliéster

Por ser formado por várias camadas de poliéster e alumínio, é bastante compacto. Possui capacidade de autorregeneração que permite que, no caso de dano entre as camadas, o material metálico evapore, eliminando a possibilidade de um curto circuito.

3. Capacitor Cerâmico

É um dos mais conhecidos e usados, é formado por um disco de cerâmica com duas fitas metálicas em cada uma das faces, são usados para circuitos de alta frequência e corrente contínua. Geralmente são encontrados em aparelhos de TV, rádios, flash de câmeras, roteadores, etc.

4. Capacitor de tântalo

Costumam ser usados em substituição aos capacitores eletrolíticos quando há a necessidade de minimização do circuito. Seu material dielétrico é o óxido de tântalo, que possui baixa corrente de fuga e vida útil maior que a de outros modelos. Também necessitam de cuidado no momento da polarização, uma vez que podem explodir se a mesma for feita de forma incorreta. Como medida de prevenção, os fabricantes costumam deixar o terminal positivo maior que o negativo. Até o próximo!

2 visualizações