Tipos de capacitores (parte 2/2)


5. Capacitor de Mica

Bastante estável no que diz respeito à temperatura e com baixa perda de carga, tem como material dielétrico, a mica e pode ou não possuir terminais. Em alguns modelos a soldagem é feita diretamente na placa onde é montado o circuito, o que facilita a dissipação do calor no caso de trabalhos em elevadas potências.

6. Capacitor SMD

Esse tipo pode ser usado em todos os tipos de equipamentos eletrônicos. A cerâmica, o tântalo e outros materiais dielétricos podem ser usados como material dielétrico desses capacitores. Trata-se de um componente para montagem em superfícies que não possui terminais e que, por ser muito pequeno, é montado por robôs.

7. Capacitor variável

Tendo como material dielétrico o ar e placas de alumínio ou latão, são usados em circuitos sintonizados, como os de um rádio, por exemplo. Não são indicados para o trabalho em altas potências e tensões elevadas.

8. Capacitor a Óleo e papel

Uma vez que não são mais fabricados, podemos considera-los como verdadeiras raridades. Foram usados nos “primórdios” da eletrônica e eram construídos com folhas metálicas e um tubo enrolado com papel. Esses dois materiais eram embebidos com cera de abelha. Por fim, a função dos capacitores é simples: armazenar energia. A diferença entre eles está no material dielétrico e o motivo da existência dos diferentes modelos é a adequação dos mesmos a evolução das necessidades. Até o próximo!

1 visualização